Compartilhe:

Bom relacionamento é melhor que dinheiro na avaliação de profissionais



17/08/2012


Estudo da Catho revela que profissionais valorizam mais o convívio profissional a aumento salarial

 

 Manter um bom relacionamento com os colegas no trabalho pode ser mais importante do que se imagina. Segundo uma recente pesquisa da Catho, esse é o principal motivador de uma equipe, o que impacta diretamente não só na produtividade dos profissionais, mas também na retenção de talentos.

 

"Há muito tempo debatemos que o ambiente de trabalho é fator determinante para reter bons profissionais e se ainda temos este tema em evidência é porque ele ainda não tem ocupado o lugar que merece dentro dos debates internos das empresas", declarou a nova diretora de RH daCatho, Telma Souza.

 

Para ter uma ideia, no ranking que avaliou 11 itens relacionados à motivação com notas de zero a dez, o bom relacionamento recebeu 8,6.

 

Reconhecimento é importante

 

Outro item que também ganhou destaque na avaliação da Catho foi ainda o reconhecimento profissional. Segundo o ranking, o mesmo recebeu nota 8,3, enquanto que fazer o que se gosta ficou em terceiro, com 8,1 pontos.

 

“Na avaliação os colaboradores deram peso de 7,8 para trabalhar com pessoas que admiram; 7,6 para ter desafios constantes e 7,4 para autonomia e ação”, informou o estudo.

 

E ao contrário do que muitos possam imaginar, o dinheiro não pareceu ter tanta importância assim. A opção 'ganhar dinheiro', por exemplo, ficou somente com a sétima colocação, com 7,3 pontos.

 

Insatisfeitos

 

O levantamento revelou ainda que a satisfação com o emprego atual tem caído gradativamente. Enquanto em 2007 a média era 6,5, em 2011 a mesma caiu para 5,6, até atingir 5,0 neste ano.

 

A pesquisa foi realizada de 1 a 3 de agosto deste ano com 10.990 pessoas.

 

Fonte: Infomoney




Abastecer com Álcool ou gasolina?
Micro e Pequenas Empresas estão isentas de contribuição sindical patronal
Obrigatoriedade do Código de defesa do consumidor no comércio.
Conta-salário, Como funciona?
Férias – Não tem direito a férias o funcionário que:


Mídia Marketing Direcionado - 2008
Daniel José